Na Festa da Apresentação do Senhor, vimos dirigir uma prece de gratidão a Deus por conceder a graça da Consagração a tantos homens e mulheres, que pela força do batismo foram chamados a serem lâmpadas acesas, profetas e profetisas, no tempo presente.

     

     Este é um dia para manifestarmos a gratidão a Deus por tantas coisas boas e bonitas que acontecem através da entrega daqueles que se consagraram a Deus, pela castidade, pobreza e obediência, e realizam o seu serviço na messe do Senhor, como operários e operárias. Consagrados e consagradas que carregam dentro de si a fragilidade da condição humana. “Nossa fragilidade nos faz entrar num caminho de humildade, porque sentimos que temos necessidade dos demais, de apoio, de proximidade”, conforme lemos na poética e provocadora mensagem para a Jornada Mundial da Vida Consagrada, neste dia 02 de fevereiro de 2020. Sim! “Já é hora!” É hora de pegar todas as coisas boas e não boas, e filtrá-las, como numa prece de gratidão a Deus pelo dom do Chamado. Por que Deus nos escolheu? Por que Ele nos colocou no mundo? O que ele quer de cada um de nós? A nossa vocação é um mistério e é unicamente de Deus! E é nesta dimensão que o chamado de Deus exige de nós uma resposta no tempo presente. O tempo presente é a nossa grande esperança! 

     

     Por um lado, encontramo-nos diante de situações novas, que exigem novas posturas, sempre mais evangélicas e proféticas. Infelizmente a cultura da indiferença nas relações, da resistência ao outro, da busca pelo poder que gera divisão, falta de respeito, de ética e de confiança atinge há algum tempo o interior de tantas comunidades e grupos eclesiais no mundo todo. É triste constatar também esta cultura da indiferença e do descarte em relação às injustiças sociais, aos pequenos e pobres, particularmente no contexto político atual ante o testemunho da humildade, da simplicidade, da alegria e do corajoso profetismo do papa Francisco que insiste ser o profetismo elemento imprescindível da Vida Consagrada

   

     Por outro lado, a mensagem para esta Jornada Mundial da Vida Consagrada nos indica que devemos aprender a gestar relações onde se erradiquem toda dominação, manipulação e poder, como numa grande tarefa que produza relações de igualdade, reciprocidade, respeito. Relações de profunda fraternidade que recria nosso modo de nos vincular e relacionar. Já é hora! 

 

     Entretanto, meu profundo desejo é que sejamos pessoas consagradas que façam o coração “pegar fogo” (Lc 24, 32) e que tenhamos a alegria da consagração como lâmpada sempre acesa a iluminar as trevas de um mundo tão desumano. Tenhamos sempre os olhos fixos em Jesus! 

 

     Assim sendo, não nos deixemos intimidar, sejamos aquelas pessoas tocadas pela cruz. Ser tocado pela cruz implica ressurreição todo dia, e a ressurreição nos conduz a alegria evangélica, ao Espírito das Bem Aventuranças, à coragem profética para mantermos acesa a nossa “lâmpada”. (cf. D.  Carbalho, L’Osservatore Romano, 29/01/2020).

 

     Sob a intercessão de Santo Aníbal Maria, apóstolo da oração pelas vocações e certos da proteção de nossa Mãe, a Virgem Santíssima, primeira Consagrada do Pai, desejo-lhes alegria e paz.

02 de fevereiro de 2020

 

Pe. Geraldo Tadeu Furtado, rcj 

Superior Provincial




Mensagem para o Dia Mundial da Vida Consagrada
    Na Festa da Apresentação do Senhor, vimos dirigir uma prece de gratidão a Deus por co...

Mensagem de Natal do Superior Provincial
Mensagem de Natal - 2019   “Eu vos anuncio uma grande alegria...” (Lc 2, 10).   Coirmãos...

Alegrai-vos e exultai
A Exortação Apostólica do papa Francisco sobre o chamado à santidade, Gaudete et Exsultate (...

Sca
Sca...

A alegria do amor
  Estamos no Tempo do Advento, um novo Ano Litúrgico. Juntos com toda a Igreja rezamos e invocamos: “...

Servir, uma ação vocacional
Certamente ainda recordamos aquela fotografia ilustrando o cartaz da Campanha da Fraternidade de 2015. A imagem ficou re...

54º Dia Mundial de Oração pelas Vocações
Impelidos pelo Espírito à missão   Se em 2015 o papa Francisco nos convidou a refletir, no D...

Serena e Santa Páscoa!
  “Enquanto comiam, Jesus tomou um pão e, tendo pronunciado a bênção, o partiu, d...

A Palavra é um dom. O outro é um dom
Amados irmãos e irmãs!   A Quaresma é um novo começo, uma estrada que leva a um desti...

De esperança a esperança
Recebemos a notícia da Páscoa de Dom Paulo Evaristo Arns, OFM, Cardeal e Arcebispo emérito de S&ati...

As boas novas trazidas pelo Capítulo Geral
O 12º Capítulo Geral dos Rogacionistas, realizado de 05 a 23 de julho de 2016, no Centro de Espiritualidade ...

A Igreja, mãe das vocações
Pai de misericórdia, que destes o vosso Filho pela nossa salvação e sempre nos sustentais com os ...




 1 [2][3][4][5] próxima »