30.12.2017


Na Sede Provincial, em São Paulo (SP), dois religiosos foram transferidos e um estará chegando: Pe. Mário Pasini vai para Messina, Itália, para auxiliar no Santuário Santo Antônio, Casa-Mãe dos Rogacionistas, de fevereiro a agosto de 2018; Ir. Alexsandro Ramos vai para a Missão da Bahia; chega o recém ordenado, Pe. Mateus Albino. Outros dois religiosos, Pe. Danilo Bártholo e Pe. Sival Soares, farão um curso para formadores em Roma, de janeiro a agosto de 2018. Em sua volta, assim como Pe. Mário Pasini, manterão o vínculo diretamente com a Sede Provincial. Pe. Juarez Destro, Lédio Milanez e Pe. Marcos Ávila completam a Comunidade Religiosa. Na área hispânica, temos a chegada de Ir. Rodrigo Golán a Campana, Argentina, onde fará o seu ano de Estágio Pastoral, fazendo Comunidade com os padres Giovanni Guarino e Federico Lavarra. Pe. Rodrigo Chaparro vai para Bauru, suprir a ausência do Pe. Sival, que ficará em Roma boa parte do ano. Em Córdoba temos a saída do Pe. Rufio Fines, que vai para San Lorenzo, Paraguai, num ano sabático, e também Pe. Danilo, que estará na Itália boa parte do ano. Chega, para fazer comunidade com Pe. Javier Mesa, o Pe. Wilson Gomes. Em Tucumán e San Lorenzo não houve saídas de religiosos. Pe. Vito Curci, Pe. Rogério Antonio e Pe. José Amado continuam em Tucumán; e Pe. Antônio Raimundo, Pe. Darío Martínez e Pe. Merardo Maidana continuam em San Lorenzo. Em Angola também não houve alterações. Continuam Pe. José Alceu e Pe. Reginaldo Veríssimo. A novidade está na possível chegada de mais dois religiosos, um proveniente da Índia e outro de Ruanda. Assim, em agosto, após as devidas preparações, se tudo correr bem, a Estação Missionária será fortificada. No Brasil algumas Casas não tiveram alterações em sua Composição: Brasília (DF), com os padres Geraldo Tadeu, Ademar Tramontim, Mário Bandeira e Raulino Coan; Criciúma (SC), com os padres Dorival Zanette, Maike Grapiglia, Adair Pasini, Osni Zanatta e o Dc. Antônio Carlucci; Gravataí (RS), que continua com os padres Dárcio Carrilho, Jacinto Pizzetti e Vilcinei Clarindo; Morro Doce (SP), com os padres Carlos André e Anderson Teixeira; Queimadas (PB), com os padres José Benedito e Luiz Alberto. Outras Casas tiveram alterações, algumas com chegadas e outras com saídas de religiosos: em Curitiba (PR) chegou o Ir. Robson Grapiglia, que irá fazer seu Estágio Pastoral e formará Comunidade com os padres João Ademir, João Simon e Luciano Grigório; em Vitorino Freire (MA) chegará o Pe. Adriano Teodozio, somando forças com os padres João Inácio e Sérgio Prado; no Centro Rogate, em São Paulo (SP), os padres Reinaldo Leitão e Valmir de Costa terão a companhia de seis estudantes de Teologia; em Bauru (SP) chega Pe. Rodrigo Chaparro para compor Comunidade com os padres Ângelo Mezzari, Marcos Cardoso, Alberto Oselin e Guido Mottinelli; em Presidente Jânio Quadros (BA), chegará o Pe. Célio Leite e o Ir. Alexsandro Alexandre, somando forças com os padres Nilson Rocha e Vicente Lumetta. Sai o Pe. Wilson, que vai para Córdoba; e, em Passos (MG), chega o Pe. Henrique Mateus, somando forças com os religiosos, Pe. Luiz Caetano, Pe. Valdecir Martins e Ir. Rafael Utima. Sai o Pe. Pedro Bauer, que estará na diocese de Criciúma em 2018.








voltar