É uma associação eclesial inspirada no mandamento de Jesus: “Rogai ao Senhor da messe que envie operários para a suamesse”, seguindo a intuição carismática de Santo Aníbal Maria Di Francia. Tem como objetivo e missão rezar pelas vocações, propagar esta oração na Igreja e ser um bom operário. É formada por membros que se associam, de forma pessoal, com a responsabilidade de trabalhar para a concretização de seu objetivo, através de compromissos pessoais e comunitários. São admitidos cristãos leigos e leigas comprometidos com o trabalho na messe, pessoas de vida consagrada e ministros ordenados.

 

Histórico

 

Consciente de que é dever de todo cristão cumprir o mandamento de Jesus da oração pelas vocações, Santo Aníbal fundou a “Sagrada Aliança” em 1897 com o objetivo de envolver os sacerdotes e os bispos na dinâmica do Rogate. Três anos depois, em 1900, fundou a “Pia União da Rogação Evangélica do Coração de Jesus”, envolvendo a todos, pessoas de vida consagrada e cristãos leigos e leigas.

Na América Latina, em 08 de dezembro de 2007, 107 anos após a iniciativa do “apóstolo da oração pelas vocações”, é lançada a “União de Oração pelas Vocações”, resgatando e atualizando a proposta de Santo Aníbal, englobando as duas associações em uma única.

No dia 1º de novembro de 2009, em Roma, é lançada a “União Sacerdotal de Oração pelas Vocações”, numa iniciativa realizada durante o Ano Sacerdotal (junho de 2009 a junho de 2010). Está situada “no interior da União de Oração pelas Vocações, como expressão específica e qualificada” (cf. carta de anúncio do lançamento). Embora haja estatuto próprio, entende-se, na América Latina, que se deva continuar apenas com uma associação, incluindo em seu estatuto alguns conteúdos específicos desta nova associação.


Como Participar

Para participar da União de Oração pelas Vocações, entre em contato preenchendo o formulário em nossa página (http://www.rogacionistas.org.br/new/contato.php).

 

Conheça o Estatuto da União de Oração pelas Vocações na América Latina (download).






15º Encontro Anual da Associação das Famílias Rog


Recordar é reviver "Ao celebrar 150 anos do Rogate recordamos que foi aos Pés de Jesus Eucarístico que Aníbal teve a primeira intuição deste mandamento do Coração de Jesus. Rogai ao Senhor da Messe que envie operários para messe. Recordamos também que nesta pericope (Mt 9,35-38) Aníbal encontrou a luz que iluminou seu olhar, a luz que o fez ver a Messe na ótica do Cristo. O Rogate que nasceu aos pés do Senhor, e como essência de um verdadeiro incenso subiu ao céu e se expandiu nos cinco continentes. Se nós como Família ROG não dobramos os joelhos diante do Senhor, se não dilatarmos o coração não conseguiremos exalar o perfume do Cristo. É quando nos colocamos aos pés do senhor que Ele nos mantém de pé e nos ajuda a caminhar..." Pe. Luciano Grigório, assessor do encontro.