“Dedicarei para esta oração incessante todos os meus dias e todas as minhas intenções” (Santo Aníbal).

"Desejo encontrá-los bem de saúde, na paz, na alegria e na fraternidade desta bela solenidade do nosso querido Santo Aníbal Maria Di Francia. Iniciamos o mês de junho com o nosso amado Fundador, o Santo dos pobres e das vocações. Aquele que enfrentou com humildade, resignação e fé imbatível a realidade humana de seu tempo. Sua interioridade merece um olhar contemplativo que perscrute e supere a mera análise histórica da cronologia de sua vida e obras. O Fundador parte da experiência humana, na sua inserção em Avinhão, no meio dos pobres, mas ao mesmo tempo, ele ilumina a realidade de Avinhão transferindo-a para a profundidade de uma experiência mística e espiritual. Ele não fala porque simplesmente analisa uma realidade, Avinhão, mas porque consegue iluminar esta mesma realidade sustentado por sua convicção profunda de fé, sua interioridade. O próprio “confessava que, mesmo antes de ser padre, passava horas e horas em oração, diante de Jesus Eucarístico...” (Cf. Breve perfil histórico dos Rogacionistas, nº 3, p. 18). A oração em Santo Aníbal pode ser traduzida pelas palavras de Santa Teresa: Um impulso do coração, um olhar lançado ao céu, um grito de reconhecimento e amor no meio da provação ou no meio da alegria (Cf. CIC 2558). Portanto, julga-se de assaz importância que para um diagnóstico espiritual sobre a vida e santidade do nosso Fundador, no decorrer deste mês dedicado ao Coração de Jesus, o viés da nossa oração e meditação pessoal seja aquele de um olhar contemplativo para a figura deste Santo que veneramos e tanto amamos: Aníbal Maria. A proposta para a nossa reflexão pessoal parte da importância de atribuirmos a Santo Aníbal uma carga ontológica, ou seja, na perspectiva da dimensão espiritual, contemplarmos quem foi este ser intrigante chamado “Aníbal”, que superou toda a tentação do egocentrismo ao não priorizar o seu ego, a sua razão, mas esvaziou-se de si mesmo (Fl 2,2-11), quando absorvido pela dedicação a uma tarefa maior, à causa de Avinhão e dos pobres messinenses. Podemos ainda perscrutar que, o que movia Santo Aníbal, interiormente e exteriormente, era a sua convicção profunda de fé e o seu amor ao próximo, o Bem Querer (benfazejo, benefacere). Conforme já mencionamos na palavra do mês de maio, voltamos a reforçar a importância da prática de gestos benfazejos, seguindo o caminho que o Papa Francisco tem indicado em suas catequeses e pronunciamentos, desde o início de seu pontificado, o caminho da fraternidade: Fratelli Tutti. Por fim, diante de um cenário mundial conturbado e desafiador, no qual surgem seres humanos egocêntricos que a todo instante propagam maledicências, levados pela dor e pela própria amargura, o nosso papel, no entanto, como filhos de Santo Aníbal é exatamente o oposto do que o mundo tem propagado. Perguntamos: O que nos alegra, o que nos motiva, o que nos ajuda e dá esperança ao contemplar a vida do “Apóstolo da Oração e Pai dos Pobres”? O que Santo Aníbal provoca na minha vida e na vida da minha Comunidade? ..."




Missão é um privilégio, uma graça
Depois de 13 anos fora do Brasil (Argentina, Paraguai e Angola), retornei para um novo ciclo: missão no sert&atil...

Mensagem do Superior Provincial
“Dedicarei para esta oração incessante todos os meus dias e todas as minhas intenções&...

Mensagem de Páscoa do Superior Provincial
“Jesus de Nazaré foi ungido por Deus com o Espírito Santo... Ele andou por toda a parte, fazendo o...

Mensagem de Natal do Superior Provincial
Natal do Senhor Ano 2020    “O povo, que andava na escuridão viu uma grande luz...” (Is ...

FESTA DE SANTO ANÍBAL MARIA DI FRANCIA
  FESTA DE SANTO ANÍBAL MARIA DI FRANCIA   Quem é o homem que foi chamado de Santo, quando fa...

Mensagem para o Dia Mundial da Vida Consagrada
    Na Festa da Apresentação do Senhor, vimos dirigir uma prece de gratidão a Deus por co...

Mensagem de Natal do Superior Provincial
Mensagem de Natal - 2019   “Eu vos anuncio uma grande alegria...” (Lc 2, 10).   Coirmãos...

Alegrai-vos e exultai
A Exortação Apostólica do papa Francisco sobre o chamado à santidade, Gaudete et Exsultate (...

A alegria do amor
  Estamos no Tempo do Advento, um novo Ano Litúrgico. Juntos com toda a Igreja rezamos e invocamos: “...

Servir, uma ação vocacional
Certamente ainda recordamos aquela fotografia ilustrando o cartaz da Campanha da Fraternidade de 2015. A imagem ficou re...

54º Dia Mundial de Oração pelas Vocações
Impelidos pelo Espírito à missão   Se em 2015 o papa Francisco nos convidou a refletir, no D...

Serena e Santa Páscoa!
  “Enquanto comiam, Jesus tomou um pão e, tendo pronunciado a bênção, o partiu, d...




 1 [2][3][4][5] próxima »