02.06.2013


Durante a Celebração Eucarística da Solenidade de Santo Aníbal Maria Di Francia, 1º de junho de 2013, na Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Bauru (SP), o Superior Provincial, Pe. Juarez Albino Destro, declarou aberto o Ano Vocacional Rogacionista. A celebração marcou também a conclusão do 1º Congresso do Laicato da Família do Rogate. O Ano Vocacional tem um objetivo provocador, de conscientizar, refletir e projetar o serviço junto à juventude nas realidades onde há presença Rogacionista. O tema revela bem esta intenção: “Rogate e Juventude”. O carisma e a missão. O mandamento de Jesus expresso em Mateus e Lucas (Mt 9,38; Lc 10,2), de rezar e trabalhar pelas vocações, e o serviço concreto e específico junto aos jovens de nossos contextos. O lema possui duas partes, uma afirmativa e outra convidativa: “Somos operários da messe... E você?” (cf. Lc 10,2). A primeira recorda de onde nasceu o carisma Rogate, apresenta os vários discípulos missionários de Jesus Cristo que já estão trabalhando, servindo, em sua diversidade de opções vocacionais, demonstra quem já está na ação pastoral na Igreja e no mundo. A segunda parte convida outras pessoas a aderir, especialmente os jovens que ainda não conseguiram escutar ou compreender o projeto de Deus em suas vidas. Um lema que revela a interação entre o animador vocacional e o vocacionado ou entre o animador da juventude e a própria juventude. Durante o Ano Vocacional, que vai de 1º de junho de 2013 a 17 de maio de 2014, a partir dos projetos a serem realizados, deseja-se chegar a um “plano global” de ação junto à juventude. Tal plano garantirá a continuidade do serviço específico Rogacionista de animar a juventude, algo que jamais deveria ficar em segundo plano.








voltar