Envolve as atividades sociais e educacionais desenvolvidas pelos religiosos e colaboradores Rogacionistas.
Em continuidade com a tradição educativa e pedagógica de Santo Aníbal Maria Di Francia, os Rogacionistas vão ao encontro, de modo preferencial, de crianças, adolescentes, jovens e adultos em situação de vulnerabilidade e risco pessoal ou social, com ações de acolhida, educação, formação profissional, atualização cultural, esporte, animação social, além da formação religiosa.

Opção pelos excluídos

Com sua sensibilidade, respeito e atenção, Santo Aníbal assumiu as necessidade e exigências de todos, mas teve carinho especial pelos excluídos e marginalizados – em sua época, personificados pelos órfãos de Avinhão, local pobre de Messina, na Itália. Atualizando o Rogate e os ideais de Santo Aníbal, os religiosos Rogacionistas continuam a desenvolver sua missão junto aos mais pobres, com atenção e respeito, através da ação social em faculdades, escolas, creches, unidades de capacitação e formação cultural e profissional, casas de acolhida, albergues, e outras formas de acolher, zelar e transformar a realidade de seus educandos e dos usuários de seus serviços.

Missão

Acolher crianças, adolescentes, jovens e adultos e possibilitar a formação de pessoas éticas, justas e solidárias, por meio da educação, de ações socioeducativas e da evangelização, contribuindo para o exercício da cidadania.

 

Visão

Ser referência, pela excelência dos serviços prestados, na educação, nas ações socioeducativas e na formação ético-cristã de pessoas comprometidas e participativas na construção de uma sociedade sustentável, justa e fraterna.

 

Valores

- Acolhida e zelo
- Respeito à diversidade
- Fortalecimento das relações humanas
- Carisma, mística e espiritualidade
- Responsabilidade, justiça e sustentabilidade
- Comprometimento mútuo
- Ação político-participativa
- Excelência na prestação de serviços
- Gestão competente e eficiente
- Ética, integridade e transparência
- Foco nos processos e resultados

 

Faça o download da logomarca da Rede Rogacionista (download).






25 Anos da Escola de Educação Infantil Sto. Aníbal Maria


JUBILEU DE PRATA Mensagem do Superior Provincial pelos 25 Anos da Escola Infantil Santo Aníbal Maria Di Francia - (1996-2021) – Gravataí – RS A nossa gratidão e louvor ao Senhor da Messe pela trajetória percorrida nestes 25 Anos da Escola de Educação Infantil Santo Aníbal Maria Di Francia (1996-2021). As Normas da Congregação Rogacionista, em seu artigo 91 diz que: “Comprometemo-nos a realizar, com competência e criatividade, as obras e atividades que melhor respondam às exigências dos tempos e lugares”. Neste sentido, o trabalho realizado durante estes 25 anos é fruto do compromisso assumido por todos aqueles que atuaram para que a nossa Escola Infantil Santo Aníbal chegasse ao seu Jubileu de Prata e correspondesse às realidades vigentes em cada tempo e lugar, inserida no contexto atual tão desafiador. E, foi justamente num contexto conturbado de pandemia que a nossa Escola foi uma das pioneiras em atividades remotas, tão criativas, que atraiu a atenção das outras unidades rogacionistas da Província São Lucas. Esta bonita história teve início em 22 de outubro de 1996 e apresenta, hoje, uma estrutura de ensino qualificada graças aos Religiosos Rogacionistas e suas equipes que trabalharam desde os primórdios, e, ainda trabalham neste empreendimento, no espírito do carisma rogacionista inspirado pelo fundador dos Rogacionistas, Santo Aníbal Maria. Tudo isso é fruto de uma construção coletiva que enriquece a Província Rogacionista São Lucas. Destes 25 Anos de história, dentre tantas atividades de grande relevância para a educação rogacionista e outros eventos realizados, registramos que a Escola Santo Aníbal Maria foi a pioneira em adquirir os subsídios da “Turma do Triguito”, encarte da Revista Rogate, para motivar o trabalho educacional das crianças. A nossa gratidão e parabéns a todos: religiosos rogacionistas da Comunidade local, equipe gestora, educadoras, voluntários, benfeitores, educandos e suas famílias. Gratidão muito particular às Famílias Rog, pelo apoio e acompanhamento nesta missão. Prossigamos o caminho, com entusiasmo e coragem para enfrentar os desafios e poder continuar esta história na promoção da vida e da dignidade humana, que tem como referência o grande educador, Santo Aníbal Maria, o pai dos pobres e pequenos. Sob a proteção de Nossa Senhora do Rogate e a intercessão de Santo Aníbal Maria, despeço-me cordialmente no desejo do maior bem e de copiosas bênçãos.